NOVIDADES
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
PARCEIROS
QUER SER NOSSO PARCEIRO? CONTATO@TECNICOAUTOMOTIVO.COM

VERIFICAÇÃO DAS FOLGAS DE VÁLVULAS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

VERIFICAÇÃO DAS FOLGAS DE VÁLVULAS

Mensagem por Torquetto em Dom Abr 29, 2012 7:05 pm

VERIFICAÇÃO DAS FOLGAS DE VÁLVULAS
Os motores a 4 tempos utilizam válvulas de admissão e de escape para funcionar, as válvulas são acionadas por uma arvore de cames, o sistema de acionamento das válvulas inclui sempre os seguintes elementos, cames, dispositivo de regulagem das válvulas e uma mola de recuperação que assegura o fechamento das válvulas, na maioria dos casos um dispositivo hidráulica assegura a regulagem automática das válvulas.
A folga das válvulas permite garantir o fechamento das mesmas, qualquer que seja a temperatura do motor, sendo assim, quando a válvula está fechada a estanqueidade da cabeça na sua sede deve ser perfeita, ou seja, o came não deve exercer qualquer força sobre a válvula.
É indispensável verificar e regular a folga de válvulas em caso de mau funcionamento ou de reparação do motor, a folga deve estar conforme as especificações, para garantir o bom funcionamento do motor.
O desgaste do comando de válvula, da haste de válvula, do tucho, ou vareta de válvula provoca um aumento na folga de válvula, enquanto um desgaste da sede da válvula ou da cabeça da válvula provoca diminuição da folga da válvula.
Quando a folga das válvulas é excessiva o tempo de abertura das válvulas e sensivelmente menor, o funcionamento do motor é limitado e ocorre um aumento no consumo de combustível. Com a folga insuficiente a estanqueidade das válvulas é comprometida e o efeito também é a perda de rendimento e aumento do consumo de combustível.

Condições para verificação da folga das válvulas

Qualquer que seja o tipo de comando de válvula é importante respeitar as seguintes condições regulagem ou verificação da folga das válvulas.
• O motor deve estar frio;
• A arvore de cames deve estar posicionada conforme recomendação do fabricante;
Há vários métodos de posicionamento da arvore de cames, este pode variar conforme o tipo de motor;

Os principais métodos são:
• Método de posicionamento por balanço;
• Método de posicionamento da válvula de escape totalmente aberta;
• Método por posicionamento da arvore de manivelas (virabrequim);
• Método de posicionamento da parte de trás do cames.

Método por balanço:

Esse método consiste em fechamento da válvula de escapamento e inicio de abertura da válvula de admissão e regula-se a válvula do cilindro correspondente. Exemplo. Para motores 4 cilindro com ordem de ignição 1-3-4-2. Deve-se;
• Balancear o cilindro 4 para regular o cilindro 1;
• Balancear o cilindro 2 para regular o cilindro 3;
• Balancear o cilindro 1 para regular o cilindro 4
• Balancear o cilindro 3 para regular o cilindro 2.

Método par válvula de escapamento plenamente aberta:


Método por posicionamento da arvore de manivelas (virabrequim)

Neste método deve se colocar o primeiro cilindro em compressão e o pistão em PMS.  Assim iniciar o processo conforme descrição abaixo. (A = Admissão e E = escapamento)

• Primeiro passo, colocar a ferramenta de aperto angular e girar a arvore de manivelas 20° e ajustar as válvulas E - 1 e E - 3;
• Segundo passo, repor a ferramenta em zero e girar a arvore de manivelas em 240º e regular A – 1 e A – 3;
• Terceiro passo, repor a ferramenta em zero e girar 120° e regular E -2 e E – 4;
• Quarto passo, repor a ferramenta em zero e girar 240° e regular A - 2 e A – 4.
Obs.: este procedimento é adotado nos motores 1.0 da Renault 8 e 16 válvulas. Nos motores 16 válvulas podem ter duas regulagens distintas, sendo 0,10 para admissão e 0,17 para escapamento para comando de válvula sem ranhura, para motores com comando de válvula com ranhura a folga é de 25 a 30 para admissão e 35 a 40 para escapamento, esta ranhura encontra-se entre A2 e E2.

Método de posicionamento da parte de trás do cames.

Este método geralmente é utilizado para motores que utiliza pastilha de válvulas, para regulagem basta deixar o cames para cima e verificar a folga entre o cames e a pastilha; Para a regulagem utiliza-se o seguinte cálculo:

Folga medida + espessura da antiga pastilha – folga tabelada = espessura da nova pastilha.

Obs:. Aplicar a pastilha com a marca para baixo para evitar que a mesma se apague.

É isso ai galera mãos a obra.

Adilson Aparecido Torquetto
Esp. Eng. Automotiva
SENAI - Boqueirão
www.tecnicoautomotivo.com
avatar
Torquetto
Admin
Admin

Mensagens : 17
Data de inscrição : 16/09/2009
Idade : 48
Localização : Curitiba PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum